Alternativas à Lipoaspiração

U Vivian Magalhaes   t 18 de maio de 2011


Se você está com algumas gordurinhas aqui, outras ali e não está conseguindo se livrar das ditas cujas, muita gente já deve ter indicado uma lipoaspiração, certo? Mas nem quer pensar em se submeter a uma cirurgia por medo dos riscos que envolvem um procedimento como este, há diversas alternativas não invasivas que podem ser feitas em clínicas de estética, sem bisturis, anestesias, internação e pós-operatório dolorido. Só é necessário escolher o método que melhor se adapta às suas necessidades e ao seu tipo físico e se preparar para dar adeus às temidas dobrinhas.

Uma destas técnicas alternativas à lipoaspiração é aquela feita com o aparelho Accent, que é indicado para quadros avançados de celulite e áreas com gordura acumulada e flacidez. O aparelho funciona através da radiofrequência, que emite ondas de calor e quebra as células de gordura. O Accent auxilia ainda na produção de colágeno e desta forma a pele não fica irregular. Diferenças no corpo já podem ser sentidas logo ao final da primeira sessão, que tem duração de cerca de uma hora, e na qual é possível perder até quatro centímetros. No entanto, para que o paciente realmente atinja os resultados esperados são necessárias cinco sessões, em média. O preço da sessão com o Accent costuma ser de R$500.

Outra técnica para fugir da lipoaspiração é a carboxiterapia, que deve ser realizada por médicos credenciados e é indicada para combater a flacidez, estrias e celulite. Desta forma, as áreas do corpo em que os resultados são mais eficazes encontram-se no bumbum e nas coxas. A técnica consiste na injeção de gás carbônico na parte mais superficial da pele com o auxílio de uma espécie de agulha. O tratamento envolve, geralmente, de dez a vinte sessões, mas já dá para sentir a pele mais firme e resistente a partir da quinta sessão. O preço por sessão costuma variar entre R$80 e R$120.

Uma das alternativas à lipoaspiração mais populares, no entanto, é aquela feita com os aparelhos Ultracontour ou Ultrashape. Os dois funcionam da mesma maneira, com a emissão de ondas de ultrassom em alta intensidade que quebram as células de gordura. A sessão dura em média duas horas e após este período recomenda-se que o paciente se submeta a uma outra sessão, desta vez de drenagem linfática. O tratamento em questão é indicado para pessoas que se encontram no peso ideal mas que não conseguem se livrar de gorduras localizadas. Em apenas uma sessão já é possível perceber os resultados, que podem chegar a até três centímetros a menos de gordura.

Outra opção é a chamada laserlipólise, não tão popular ou conhecida e realizada por poucos médicos. A técnica consiste na inserção de um raio laser no corpo do paciente com o auxílio de uma cânula. A alta temperatura do laser dissolve a gordura e a transforma em um líquido viscoso, que pode ser drenado em seguida com a ajuda de uma cânula específica. A vantagem da técnica, se comparada às outras mencionadas acima, é de que é necessária apenas uma sessão, que pode custar de R$3 mil a R$10 mil.

Mas caso você não queira desembolsar tanto dinheiro ou não tenha tempo para frequentar uma clínica regularmente, uma última alternativa possível para a perda de gordurinhas que insistem em não desaparecer consiste na combinação de hábitos alimentares saudáveis, exercícios físicos praticados pelo menos três vezes por semana e muita disciplina.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *