Mini Lipo

U Vivian Magalhaes   t 18 de maio de 2011


Resultados garantidos por um preço bem abaixo da média. Quem é que não se animaria com uma proposta destas? E é justamente esta acima a que é vendida pela mini lipo, apenas um nome comercial que inventaram por aí para atrair mais pacientes, afinal, continua sendo uma lipoaspiração como qualquer outra.

Mas antes de se submeter a esta técnica, que é bastante recente se comparada à lipoaspiração tradicional – surgiu em 2002 – é bom ficar atento a todos os riscos e perigos que estão envolvidos.

Mini lipo é indicada para pessoas com pouca gordura localizada.

Em primeiro lugar, é importante frisar que a mini lipo não é regulamentada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e na maior parte das vezes não é realizada por um cirurgião plástico. Some-se a isto o fato de a operação ser realizada em clínicas de estética, que muitas vezes não oferecem toda a estrutura necessária para um procedimento cirúrgico seguro, e de ao lado do paciente não estar presente um anestesista, algo fundamental em uma lipoaspiração. O resultado, certamente, não tende a ser dos melhores. Aqueles que se submeteram a técnica e saíram da sala de cirurgia animados e satisfeitos definitivamente tiveram sorte, o que não é muito animador quando se fala em cirurgia.

Um dos maiores atrativos desta técnica está no preço reduzido, que muitas vezes chega à metade do que seria cobrado em uma lipoaspiração tradicional. Mas é importante não se iludir, pois para que o resultado seja atingido são necessárias diversas sessões, e assim, o preço pode se igualar àquele cobrado pela lipoaspiração propriamente dita.

A técnica da mini lipoaspiração consiste na retirada de gordura localizada, em pequenas quantidades – daí o nome – com o auxílio de uma cânula e de uma bomba de sucção. O procedimento é exatamente igual ao realizado quando o paciente se submete a qualquer outra lipoaspiração, com a exceção de que a anestesia aplicada é local. Como o indivíduo que está sendo operado não aguenta por muito tempo a cirurgia em função do tipo de anestesia, são necessárias diversas intervenções para que o resultado almejado seja alcançado.

Normalmente, para que o paciente suporte um pouco mais de tempo na mesa de cirurgia, ele é medicado com anestésicos, o que é altamente perigoso, pois podem ocorrer intoxicações. E é em função da quantidade de mini lipos realizadas que o procedimento é tão perigoso: assim corre-se muito mais riscos de acontecerem problemas no pré e no pós-operatório e também durante a cirurgia.

Caso você ainda opte por se aventurar nesta cirurgia, mesmo depois de ficar informado acerca dos inúmeros riscos, saiba que a mini lipo é indicada apenas para pessoas com pouquíssima gordura localizada, naqueles casos em que praticamente não há o que ser retirado.


3 respostas para “Mini Lipo”

  1. fui em profissional pra conhecer esta famosa mimi-lipo
    chegando la; vi que era um prédio comercial com varias salas
    fiquei super preocupada com a estrutura do local ou melhor no risco de infecçoes mas :enfim não posso negar que não gostei do diagnostico dele pois falou o que eu já sabia e ainda mais citou o problema de minha coluna,gostei dele só fiquei com medo do local e a agora?

  2. lucimara disse:

    OLa boa noite! Tenho menos de 1 kg de gordura abdominal gostaria dr saber se eu poderia fazer uma mini lipo.? Pq estou mt interessada em uma lipoescultura. E n sei o q seria melhor. Como a lipo preenche outros lugares tenho um defeito na nadga desde criança. Parece uma marca de injeçao meio amassada e sou mt insatisfeita c isso. O q seria melhor no meu caso?

  3. Olá gostaria de saber se eu poderia fazer uma mini lipo na região só culotes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *