Técnicas mais usadas na lipoaspiração abdominal

U Vivian Magalhaes   t 20 de maio de 2011


Muitas pessoas optam pela lipoaspiração abdominal porque, com o passar dos anos, é normal que o abdômen torne-se mais protuberante e acumule gordura. Os procedimentos de lipoaspiração geralmente têm duração de 1 a 5 horas, conforme a extensão da área a ser lipoaspirada e da técnica empregada. Dependendo da quantidade de gordura a ser removida, é utilizada a anestesia geral ou local associada à sedação. Após a sedação, o cirurgião realiza uma incisão simples ou múltiplas incisões abaixo da linha do biquíni ou no umbigo. Essas incisões podem ser feitas também em locais alternativos, dependendo do procedimento.

Técnicas mais usadas na lipoaspiração abdominal

Técnicas mais usadas na lipoaspiração abdominal

Embora existam várias técnicas de lipoaspiração, a tumescente é a mais utilizada. No entanto, essa técnica é usada apenas em casos de lipoaspiração abdominal com anestesia local. A lipoaspiração tumescente se diferencia da lipoaspiração tradicional basicamente pela infusão de uma solução anestésica especial, denominada anestesia tumescente de Klein.

Esta solução tem como base a lidocaína (mesma substância utilizada na anestesia dentária tradicional) infundida em grandes volumes, mas em alta diluição, associada a produtos que provocam diminuição do sangramento no local. Desta maneira, além de dispensar a anestesia geral, o sangramento é mínimo. A técnica é indicada para a retirada de áreas restritas de gordura cutânea.

Após esses cuidados, o cirurgião insere um instrumento fino e longo – a cânula de lipoaspiração – na camada de gordura abaixo da pele. Esse instrumento faz um movimento de vai e vem, soltando e separando a gordura na região. A sucção é feita com um aspirador cirúrgico conectado no lado oposto da cânula para remover a gordura. Em alguns casos, a gordura pode ser removida manualmente com seringa conectada a cânula. Por fim, as incisões são fechadas com sutura, embora algumas incisões são tão pequenas que cicatrizam sem pontos.

Pacientes já relataram dores, aumento do volume do abdômen e pequenos ferimentos após o procedimento. Por isso, é indicado o uso de malhas ou roupas compressivas por duas a seis semanas. As malhas de compressão ajudam a manter os tecidos juntos e auxiliam no processo de cicatrização, ao controlar o edema prevenindo o acúmulo de líquido naárea tratada. A drenagem linfática também é uma alternativa para acelerar a reabsorção do edema e facilitar a recuperação.

É possível retornar ao trabalho em poucos dias e às atividades normais em uma ou duas semanas. Nota-se melhora da aparência logo após a cirurgia e resultados mais visíveis a partir de quatro a seis semanas. Mas o resultado final será percebido em três meses.

É importante lembrar que, embora as células de gordura sejam removidas com a lipoaspiração abdominal, o procedimento não previne ganho de peso. Para manter os resultados da cirurgia, o paciente deve ter hábitos saudáveis de dieta e atividade física.

A lipo abdominal não possui restrição quanto à idade e gênero, homens e mulheres de qualquer idade podem fazê-la. No entanto, a lipoaspiração não é um tratamento eficaz para celulite ou obesidade. Indivíduos submetidos à lipoaspiração devem ser saudáveis e relativamente magros, com pele firme, elástica e bom tônus muscular, e com apenas 30% acima de seu peso ideal.


Uma resposta para “Técnicas mais usadas na lipoaspiração abdominal”

  1. querofazer uma lipo sem corte maitenho medo tenho algos bobrema de saude quero que vcs emtre em contato comigo meu telefone 21/86913528

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *